Nesse artigo, eu Bruno Azevedo, arquiteto e bioconstrutor, vou te contar como a construção com terra deve ser executada de maneira correta para ter o máximo de elementos que promovem a sustentabilidade em seus projeto e obras, assim como fazemos na Biohabitate.

Casa Ecológica construída com várias técnicas de construção com terra.
Casa Ecológica Confins

Na Biohabitate já são mais de 20 anos de experiência em arquitetura sustentável e construções ecológicas e saudáveis.

Descubra a incrível sustentabilidade da construção com terra e seu papel na bioconstrução.

Este artigo completo explora sua história, benefícios, técnicas e normas, revelando porque a construção com terra é uma escolha eco-amigável.

Construção com Terra e Sustentabilidade – Uma introdução

A construção com terra é um conjunto de técnicas que tem uma longa história, sendo tradicional em muitas partes do mundo.

Cosntruções de terra centenárias no Iêmen.
Construções centenárias no Iêmen – Oriente Médio

No entanto, sua relevância na atualidade não se limita apenas à tradição, pois está rapidamente ganhando destaque como uma abordagem sustentável e saudável na construção civil moderna.

Aqui neste artigo, vou explorar a fundo a construção com terra, sua relação com a bioconstrução e por que ela é uma escolha eco-amigável.

Técnicas milenares que tem conquistado espaço nos diálogos contemporâneos sobre sustentabilidade e bioconstrução. No entanto, é importante esclarecer que elas não são sinônimos.

São na verdade, algumas das ferramentas utilizadas na bioconstrução, um campo que busca o planejamento sustentável e saudável para edificações.

Casa bioconstruída sustentável
Projeto Biohabitate -Casa Luz das Águas

A Relação Intrigante entre Construção com Terra e Bioconstrução

A associação entre a construção com terra e a bioconstrução é frequentemente feita, e isso ocorre por boas razões. A construção com terra se alinha naturalmente com os princípios da bioconstrução. Ela é sustentável, utiliza materiais naturais e locais, e é conhecida por criar casas ecológicas e ambientes internos saudáveis.

WhatsApp.svg
Projetos de bioconstrução – fale conosco

As paredes de terra são especialmente relevantes nesse contexto. Elas têm uma capacidade notável de regular a temperatura interna, criando um ambiente mais confortável para os ocupantes. Isso reduz a dependência de sistemas de aquecimento e resfriamento, o que, por sua vez, diminui o consumo de energia e as emissões de carbono.

3 Questões Frequentes sobre a Construção com Terra e Bioconstrução

1 – A construção com terra é obrigatória na bioconstrução?

Não, a bioconstrução não exige que todas as edificações sejam feitas com terra. No entanto, a construção com terra é uma excelente opção devido à sua contribuição para a sustentabilidade e conforto térmico.

Botão para solicitar consultoria em bioconstrução da biohabitate.

2 – Quais são os outros aspectos da bioconstrução além da escolha de materiais?

Além da escolha de materiais naturais, a bioconstrução envolve o planejamento de edificações com eficiência energética, uso de recursos locais, técnicas construtivas que respeitam o meio ambiente e promovem a saúde dos ocupantes.

Exemplo de casa projetada por bioconstrução.
Casa planejada por bioconstrução e construida com materiais locais

3 – Existem normas e regulamentos para a construção?

Sim, no Brasil, por exemplo, a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) têm normas específicas para a construção com terra, o que garante a qualidade e segurança dessas edificações.

Promovendo um Futuro Sustentável

Construir com terra são práticas antigas que continuam a provar sua relevância nos tempos modernos, especialmente quando vista no contexto da bioconstrução sustentável e de baixo impacto ambiental.

Esse conjunto de técnicas construtivas oferece maneiras sustentáveis de criar edificações que são saudáveis tanto para para os ocupantes quanto para o meio ambiente.

chamada para ação (1)
@bioconstrucao_biohabitate

A relação entre a construção com terra e a bioconstrução é complexa e intrigante, ambas compartilham um compromisso com a sustentabilidade, a saúde e o bem-estar.

À medida que mais pessoas reconhecem os benefícios da construção com terra e da bioconstrução, podemos esperar ver um aumento na escolha dessas práticas na construção de edificações no futuro.

A BIohabitate possui ampla experiência e conhecimento e por isso desenvolvemos o Curso Completo de Bioconstrução de A a Z, um guia completo da Bioconstrução.

botão para conhecer curso da Biohabitate.
Curso Completo de Bioconcontrução de A a Z

No entanto, é importante relembrar que a construção com terra é apenas uma parte do amplo espectro da bioconstrução. Ela é uma ferramenta valiosa, mas a verdadeira essência da bioconstrução está em um planejamento completo que busca criar edificações que se integram de forma harmoniosa com a natureza e promovem um futuro sustentável e saudável para todos.

Projeto completo de edificação sustentável
Escola Samaúma – Projeto Biohabitate

Uma Tradição Milenar

A construção com terra não é uma técnica nova. Na verdade, ela remonta a milhares de anos na história da humanidade. Enquanto materiais de construção mais modernos, como o concreto armado, têm menos de 100 anos, a construção com terra já era uma prática milenarmente estabelecida.

Vou trazer a seguir exemplos históricos de construções de terra que permanecem de pé até hoje.

A construção com terra engloba diversas técnicas. A produção de tijolos de adobes é uma técnica para edificação que utiliza uma massa de terra crua para criar paredes.

Tijolos de adobe sendo secos em obra da casa estrela projeto e execução Biohabitate
Adobes curando – Obra Casa Estrela

Esses tijolos são secos ao sol, em vez de serem cozidos em fornos, como no caso dos populares tijolos cerâmicos. Essa abordagem simples e natural é uma tradição que se estende por milênios.

E ainda é possível encontrar e optar pelos tijolos ecológicos que também são uma opção ao tijolo cerâmico, mesmo não sendo tão tradiocionais.

Bioconstrução e técnicas da Construção com Terra

Como já disse, a Bioconstrução engloba diversas técnicas e ações de construção saudável e sustentável. Historicamente existem esses exemplares milenares que permanecem de pé até os dias de hoje.

Deixo então 3 exemplares que demonstram a durabilidade e a eficácia dessas técnicas:

  • 1 – Grande Muralha da China: Este é um dos exemplos mais emblemáticos de construção com terra. A Grande Muralha da China, que remonta a séculos a.C., foi parcialmente construída com tijolos de terra crua e terra compactada. Mesmo diante de séculos de exposição ao tempo e à erosão, partes da muralha ainda permanecem imponentes.
Ilustração da muralha da China
Ilustração Grande Muralha da China
  • 2 – Construções de Taipa de Pilão: A taipa de pilão é uma técnica de construção com terra que envolve a compactação de camadas de terra crua dentro de uma fôrma para formar paredes. No Brasil, em cidades históricas como Ouro Preto, Minas Gerais, ainda existem casas construídas com essa técnica que têm mais de 400 anos. Suas estruturas sólidas e resistência ao tempo testemunham a durabilidade da construção com terra.
Foto da fachada lateral de uma igreja centenária na cidade de Ouro Preto Minas Gerais
Igreja centenária em Ouro Preto
  • 3 –Antigas Cidades de Adobe no Oriente Médio: Em locais como a Síria e o Iêmen, cidades inteiras foram construídas com tijolos de adobe. Alguns desses assentamentos datam de milhares de anos atrás, o que desafia a crença de que a construção com terra é efêmera.
Imagem da cidade antiga de terra no iemen
A cidade antiga de Saná

A Durabilidade da Construção com Terra

Esses exemplos históricos demonstram que a construção com terra é tudo, menos passageira. Pelo contrário, essas técnicas têm se mostrado altamente duráveis, resistentes e capazes de resistir aos rigores do tempo e da natureza.

A chave para sua durabilidade reside na combinação de materiais ideais e corretas técnicas utilizados, juntamente com a manutenção adequada ao longo dos anos.

Construção com Terra no Século XXI

A construção com terra não é somente uma relíquia do passado, mas uma técnica que está encontrando seu lugar no mundo moderno. À medida que as preocupações com a sustentabilidade e a eficiência energética crescem, essas modalidades construtivas se destacam como opções eco-amigáveis.

As técnicas estão sendo redescobertas, aprimoradas e aplicadas em projetos contemporâneos, combinando o melhor da tradição do passado, com as necessidades do presente.

Casa Estrela - projeto Biohabitate
Casa Estrela – Projeto Biohabitate
WhatsApp.svg
Projeto de Bioconstrução

Técnicas de Construção com Terra

A construção com terra envolve uma variedade de técnicas construtivas, desde os tijolos de adobes, até taipa de pilão.

Agora vou discorrer sobre as diferentes abordagens, suas vantagens e como elas contribuem para a sustentabilidade das edificações.

Tijolos de Adobe: a Essência da Construção com Terra

O tijolo de adobe é provavelmente o elemento mais icônico associado à construção com terra. Eles são feitos de uma mistura de terra crua, areia e eventualmente  podem ser incorporadas fibras como a palha.

Essa mistura é moldada em fôrmas de madeira ou metal e deixada para secar ao sol. Os adobes são característicos por sua durabilidade e capacidade de regular a temperatura interna, tornando-os ideais para climas variados, um fator essencial para se ter uma construção ecológica.

Fôrmas para tijolos de adobe
Fôrmas para Adobes

Taipa de Pilão: Compactando a Terra para Resistência

taipa de pilão para bioconstrução sustentável
Paredes de Taipa de Pilão sendo executadas

A taipa de pilão é outra técnica tradicional que envolve a compactação de camadas de terra crua dentro de uma grande fôrma removível, criando paredes sólidas.

É uma técnica que oferece excelente resistência e durabilidade. É amplamente utilizada em algumas partes do mundo e é apreciada por sua estética e sua capacidade de resistir ao tempo e à erosão.

taipa de pilão antiga
Taipal antigo

A taipa de pilão é uma técnica antiga que sofreu adaptações tecnológicas de execução. Nas ilustrações acima e abaixo você pode perceber as diferenças e evolução dos tipos de taipal.

Taipal moderno
Taipal Moderno

Hiperadobe: Uma Abordagem Contemporânea

O hiperadobe e o superadobe, como são conhecidas as técnicas construtivas a partir da terra ensacada, são mais recentes e combinam a construção com terra com sacos específicos preenchidos com terra. Isso cria estruturas resistentes e duráveis que são altamente eficientes em termos de recursos.

O hiperadobe é uma técnica moderna que se encaixa bem no contexto da construção com terra no século XXI.

Muro em hiperadobe
Muro residencial de Hiperadobe

Cabe aqui dizer que a diferença básica e essencial entre o hiperadobe esuperadobe é o tipo de sacaria usada em cada um das técnica e com isso os cuidados necessários de acabamento.

Obra de horpedaria de superadobe
Hospedaria de Superadobe em Rio Acima MG

Por que as Técnicas de Construção com Terra São Sustentáveis?

As técnicas de construção com terra são elogiadas por sua sustentabilidade por várias razões:

  • Materiais Locais: A terra é um recurso abundante e local, reduzindo a necessidade de transporte de materiais e as emissões de carbono associadas.
  • Eficiência Energética: As paredes de terra possuem propriedades higroscópicas e têm a capacidade de regular a temperatura interna, reduzindo a dependência de sistemas de aquecimento e resfriamento.
  • Baixo Impacto Ambiental: A construção com terra gera menos resíduos e emissões de carbono em comparação com materiais mais convencionais, como o concreto.
  • Durabilidade: Muitas construções com terra construídas há séculos ainda estão de pé, demonstrando a durabilidade dessa técnica.

Construindo Sustentabilidade Camada por Camada

As técnicas de construção com terra são uma demonstração do conhecimento e da sabedoria de gerações passadas. Elas são uma resposta eficaz às preocupações contemporâneas sobre sustentabilidade e eficiência energética.

Com sua diversidade de métodos, a construção com terra oferece soluções para uma ampla gama de necessidades de construção, ao mesmo tempo em que respeita o meio ambiente. Como uma abordagem construtiva que combina tradição e inovação, a construção com terra está moldando um futuro mais sustentável, camada por camada.

Grande Livro da Bioconstrução
Clique e conheça o GRANDE LIVRO DA BIOCONSTRUÇÃO

Sustentabilidade da Construção com Terra

Posso afirmar que um dos aspectos mais importantes da construção com terra é seu potencial sustentabilidade.

A seguir vou demostrar como a construção com terra reduz as emissões de CO2, economiza energia e evita o corte de árvores, contribuindo significativamente para a preservação do meio ambiente.

Ilustração de emissão de CO2

Sustentabilidade da Construção com Terra: Construindo um Futuro Mais Verde

No cenário atual, a sustentabilidade é muito mais do que uma tendência na indústria da construção – é uma necessidade premente. Toda a gama de técnicas de construção com terra tem raízes profundas na história da humanidade, e está emergindo como uma solução moderna e sustentável para as crescentes preocupações ambientais.

Por isso que neste artigo eu vou continuar a falar sobre a sustentabilidade da construção com terra, analisando como essas técnicas reduzem as emissões de CO2, economizam energia e contribuem significativamente para a preservação do meio ambiente.

Redução de Emissões de CO2

A construção com terra é um recurso muito importante por sua pegada de carbono reduzida em comparação com métodos de construção convencionais. O CO2 é um dos principais contribuintes para o aquecimento global, e a indústria da construção é responsável por uma parcela significativa das emissões globais de CO2. A construção com terra ajuda a combater esse problema de várias maneiras:

  • Menor consumo de energia: A produção de tijolos de terra crua, como adobes, requer menos energia do que a produção de tijolos cerâmicos ou blocos de concreto, que envolvem altas temperaturas em fornos. Isso leva a uma redução nas emissões de CO2 associadas à produção de materiais de construção.
  • Estoque de carbono: A terra é um material natural que armazena carbono. Quando usada na construção, a terra atua como um sequestrador de carbono, ajudando a retirar CO2 da atmosfera.
  • Redução de resíduos: A construção com terra produz menos resíduos do que a construção convencional, o que significa menos resíduos em aterros sanitários e menos emissões de metano associadas à decomposição de resíduos.
Casa saudável
Uma casa sustentável é viva

Eficiência Energética

As paredes de terra têm propriedades termoacústicas notáveis, que contribuem para a eficiência energética de um edifício. Elas mantêm a temperatura interna mais estável, reduzindo a necessidade de aquecimento e resfriamento artificiais. Como resultado, a construção com terra economiza energia de várias maneiras:

  • Isolamento térmico: As paredes de terra têm uma excelente capacidade de isolamento térmico, mantendo o interior da edificação confortável em todas as estações do ano.
  • Menos dependência de HVAC: A estabilidade térmica proporcionada pela construção com terra reduz a necessidade de sistemas de aquecimento, ventilação e ar condicionado (HVAC), economizando energia.
  • Conforto térmico: As edificações de terra proporcionam um ambiente interno mais agradável, reduzindo a necessidade de dispositivos de aquecimento ou resfriamento, como aquecedores e condicionadores de ar. Aliadas às paredes de terra também é possível optar pelo telhado verde que contribui ainda mais para o conforto térmico.
Casa bioconstruída com eficiência energética
Casa bioconstruída

Uma casa bioconstruída com eficiência energética como esta acima recebeu assessoria especializada da Biohabitate a partir de antendimentos de consultoria remota. No link do instagram é possível ouvir o relato de satisfação do nosso cliente. https://www.instagram.com/p/CXOSkGPojca/?utm_source=ig_web_copy_link&igshid=NTYzOWQzNmJjMA== .

Botão para solicitar consultoria em bioconstrução da biohabitate.

Preservação das Florestas

A construção com terra também contribui para a preservação das florestas, um dos ecossistemas mais importantes e responsáveis para a vida do planeta.

Em muitas partes do mundo, a extração de madeira é uma prática comum na produção de tijolos cerâmicos. Esses tijolos são queidos em fornos acesos com carvão produzido a partir dessa extração de madeira.

A construção com terra não requer essa extração de madeira, muito menos emissão de gás carbônico na atmosfera, contribuindo assim para a conservação de florestas vitais.

ilustração comparando uma Casa bioconstruída e casas convencionais.
A construção com terra preserva a natureza

Um Futuro Sustentável com a Construção com Terra

Então, só posso cucluir que a sustentabilidade da construção com terra é inegável. A prática desse conjunto de técnicas oferece uma variedade de benefícios ambientais, desde a redução de emissões de CO2 até a economia de energia e a preservação de florestas.

Em um mundo cada vez mais consciente das questões ambientais, optar pela construção com terra gera parte de uma grande solução que pode desempenhar um papel significativo na construção de um futuro mais verde , saudável e de preservação natural.

À medida que abraçamos essas técnicas tradicionais com uma perspectiva moderna, a bioconstrução juntamente com as técnicas de construção vernaculares se destacam como alternativas viáveis, possíveis e sobretudo ambientalmente responsável para as edificações do século XXI e para as futuras gerações.

Com este artigo espero ter contribuído para que você leitor possa se interessar cada vez mais pelas formas ecológicas de construção.

Acesse as páginas da biohabitate.com.br para conhecer mais sobre nossos trabalhos com Arquitetura e Bioconstrução.